Apae Cuiabá
Saiba como ajudar

Imprensa Notícias

Governador recebe alunos e professores da Apae Cuiabá


Estudantes e professores da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) de Cuiabá visitaram o Palácio Paiaguás na manhã desta terça-feira (12.12). Este ano a Apae Cuiabá completa 50 anos de atuação junto às pessoas com deficiência intelectual e múltipla na capital.

O grupo foi recebido pelo governador Pedro Taques para um café da manhã e conheceu as instalações do gabinete do chefe do Executivo. Ainda no encontro, os estudantes e professores reivindicaram algumas melhorias à instituição que atende atualmente 170 crianças, adolescentes e adultos na capital.

Reformar as instalações e participar das comemorações de final de ano da escola foram os pedidos do estudante Vinícius Nascimento de Souza, de 20 anos, eleito autodefensor da Apae. “A minha função é defender as crianças das Apaes de todos os Estados e como autodefensor vim pedir para reformar a nossa escola. A Apae é a melhor escola que existe e representa alegria para mim”, disse o jovem.

Taques se comprometeu em visitar a instituição e agendou uma reunião com os presidentes das Apaes de Mato Grosso para o mês que vem. A presidente da Apae Cuiabá, Silvia Artal, disse que irá mobilizar os presidentes para o encontro e ressaltou a importância do trabalho desenvolvido pelas Apaes para a sociedade. "Vamos entrar em contato com a nossa presidente estadual para que ela possa agendar esta reunião com todos os presidentes”, disse.

O secretário adjunto de Promoção dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Marcione Mendes, disse que as Apaes de Mato Grosso desenvolvem um excelente trabalho trazendo muito mais dignidade às pessoas com deficiência. “O Estado reconhece isto, tanto é que o governo tem um termo de parceria tanto financeiro, quanto de pessoal, para que as instituições desenvolvam este trabalho com grande relevância e que realmente as pessoas com deficiência sejam atendidas com muita dignidade", disse o secretário.

Marcione Mendes lembrou ainda da iniciativa do Governo do Estado, no início da gestão, em dar atenção às pessoas com deficiência. "O  governador é muito sensato com a causa tanto é que criou uma secretária adjunta na Casa Civil voltada a este assunto e determinou também que criássemos a lei mato-grossense da inclusão, que já está em fase de finalização”, concluiu o secretário adjunto.

Desenvolvimento WEBCOMTEXTO